Relacionamento

O Que Fazer Quando a Relação Esfria?

Alessandra Amaral
Escrito por Alessandra Amaral em 10/03/2019
O Que Fazer Quando a Relação Esfria?

O que fazer quando a relação esfria?

Vamos voltar um pouco no tempo…

No começo tudo era maravilhoso. Não queríamos desgrudar do nosso amado por nada.

Os encontros eram quentes, as ligações eram diárias, haviam surpresas, jantares especiais, presentinhos…

De repente, alguma coisa mudou. Vocês não estão próximos, quase nem se falam, quase nem se tocam e aqueles momentos a dois se tornaram muito raros.

Talvez tenham entrado na famosa zona de conforto. Provavelmente o relacionamento entrou numa nova fase ou a paixão acabou.

Isso significa o fim de uma história de vocês dois? Não!

  • O que fazer quando o amor esfriou?
  • Por que isso acontece?
  • Quais os sinais de que o relacionamento está caindo na rotina?
  • O que fazer para retomar os bons tempos?

Neste artigo vamos abordar todos estes tópicos de maneira simples e direta.

Depois de ler esta matéria, tenho certeza que muitos pontos serão esclarecidos e você irá se sentir muito mais preparada para aquecer sua relação de vez.

POR QUE A RELAÇÃO ESFRIA?

Por que o Relacionamento Esfria?

Relação esfria com o tempo. Isso é fato!

Afinal, as novidades envelhecem rapidamente, passamos a conhecer os pontos fortes e fracos do parceiro e com isso, naturalmente os dois acabam se acomodando.

A maioria da relações se desgastam porque, geralmente, o casal não se dá conta das peculiaridades do convívio diário.

Assim que o relacionamento começa a se consolidar, as “juras de amor” desaparecem diante das primeiras dificuldades e problemas cotidianos.

Então começam as discordâncias de opiniões ou hábitos e críticas relacionadas ao comportamentos do outro.

Eis que o lado negativo começa a falar mais alto que os positivo.

” O cérebro dos humanos é configurado para prestar mais atenção ao negativo do que o positivo. Trata-se de um mecanismo evolucionário desenvolvido para nos mantermos seguros do perigo. É por isso que tendemos a nos lembrar muito mais das advertências do que recomendações. Isso está em nosso DNA.” (Lee Cockerell)

Isso é verdade! Infelizmente só enxergamos o lado ruim e pouco valorizamos as coisas boas que construímos.

Entenda que uma relação também passa por momentos de transformação.

Algumas pessoas não conseguem diferenciar “esfriamento” com “amadurecimento” e muitas vezes colocam tudo a perder.

O amor não deve ser considerado um objetivo, mas sim um caminho.

Sabe por que?

Quanto um objetivo é alcançado, entendemos que não há mais porque persistir e lutar por este caminho.

Você deve estar pensando: “Realmente.. porque lutar por algo que já consegui?”

Isso desmotiva o casal a se descobrir cada vez mais, a explorar e potencializar o sentimento que tem um pelo outro. E desistem…

E então a relação esfria

O QUE INFLUENCIA PARA A RELAÇÃO ESFRIAR?

Relação fria e distante

Alguns alertas são vitais para você perceber se a sua relação está realmente esfriando.

Muitas vezes o afastamento começa pela falta do contato físico. Se vocês não se tocam com a mesma frequência de antes é sinal de que algo não está bem.

O beijo (ou melhor, a falta do beijo) também é outro fator que acusa tempos de crise. Casais que não se suportam mais, dificilmente se beijam. 

Há também aqueles que dão a desculpa da “falta de tempo” devido a inúmeros compromissos ou tarefas.

Mas o distanciamento relacionado a todos estes fatores nem sempre é sinal de que a relação está esfriando.

O cansaço e estresse podem fazer com que haja essa desconexão. E isso é absolutamente normal hoje em dia, onde vivemos com excesso de informação e atividades.

Em primeiro lugar, ao invés de cobrar e reclamar, perceba se não é você que está de mal com tudo, se não é você que está afastando o parceiro.

Se for o caso e quem está distante é ele (ou ela), procure conversar com seu parceiro (ou parceira) e entender os motivos desse afastamento.

Mostre o quanto você sente a ausência dele (a), tanto no diálogo quanto no toque. Mas sem cobranças.

E no momento em que o parceiro permitir, conversem sobre isso de uma forma clara e aberta. Não force a barra, senão os dois se afastam e a relação esfria ainda mais.

Lembre-se: nem sempre a falta de sexo se refere a falta de interesse. Há um conjunto de fatores e cabe a você analisar a situação como um todo.

QUAIS SÃO OS SINAIS DE UMA RELAÇÃO DESGASTADA?

Casal Brigando

Dizem que nada acontece por acaso, nem vem do dia para a noite.

Os sinais de que uma relação está se desgastando a princípio são quase imperceptíveis, mas tem consequências muito sérias se não forem percebidas a tempo.

Confira aqui:

POUCA COMUNICAÇÃO ENTRE O CASAL

Sabemos que toda relação saudável se constrói a partir de um diálogo franco e aberto. Com ele podemos perceber o outro, assim como seus objetivos e princípios.

Porém, quando a relação está esfriando, a tendência é o silêncio tomar conta. Não há mais motivação em conversar com o parceiro, nem interesse pelos seus pensamentos ou atividades.

Os dois passam o dia inteiro sem se falar ou sem saber o que estão fazendo. E nenhum dos dois acha isso estranho.

Ou não sente falta…

O distanciamento na relação passa a ser inevitável.

DISCUSSÕES FREQUENTES NA RELAÇÃO

É normal um casal discutir de vez em quando. Mas o tempo todo não…

Se não existe uma boa comunicação entre os dois, é bem provável que haja conflitos. Quando a relação está por um fio, o menor detalhe é motivo para grandes discussões.

São nesses momentos que as insatisfações se manifestam, muitas vezes exageradas e que podem magoar o outro.

Se vocês sempre têm pretexto para discutir, então não há dúvida de que o relacionamento esfriou.

INDIFERENÇA ESFRIA O RELACIONAMENTO

Um dos sinais mais evidentes é a falta de interesse no outro, não somente na questão sexual, mas em todas as outras áreas.

Isso engloba tudo: falta de interesse no sexo, no diálogo, no toque, carinho, companhia e tudo o que se refere aos dois.

Em pouco tempo o encanto acaba e abre espaço para indiferença, ciúmes, impaciência, mau humor e mais um milhão de etc.

Quando um simples passeio já não faz diferença, quando não procuram para o sexo ou até mesmo quando não há partilha de angústias e inseguranças, sinal vermelho!

FALTA DE SEXO É UM ALERTA

Quando falta sexo num relacionamento, fica bem mais difícil se conectar com o parceiro (ou parceira).

E se está faltando conexão e diálogo, também é difícil ter vontade de transar… Ou seja, as duas situações estão ligadas entre si.

Quando se fala em falta de sexo, não nos referimos à frequência. Quantidade nem sempre é sinônimo de qualidade.

Mas se o contato sexual passou a ser cada vez mais escasso e, mesmo assim, insatisfatório provavelmente o relacionamento está esfriando…

APENAS UM BUSCA MELHORIA NA RELAÇÃO

É necessário haver interesse de ambos quando se deseja que a relação melhore. Quando somente um busca soluções e o outro não demonstra atitude, fica mais do que evidente que a relação corre perigo.

Há quem julgue a rotina com a grande vilã dos relacionamentos, mas nem sempre isso é verdade…

Entenda o porquê:

ROTINA NÃO ESFRIA RELAÇÃO

Em primeiro lugar, Rotina não é a principal vilã de um relacionamento.

Existem outros fatores que, em conjunto com a rotina, contribuem para o afastamento do casal.

Podemos citar como por exemplo:

  • Mágoas do passado;
  • Questões financeiras;
  • Problemas mal resolvidos;
  • Objetivos diferentes;
  • Ciúmes;
  • Stress no trabalho, entre outros.

Se a relação não está estabilizada ou quando não há comunicação entre os dois, a distância emocional se instala imediatamente.

Com isso o casal entra numa zona de conforto muito perigosa e desanimadora. Este ciclo é que acaba levando a uma amargura constante.

Neste caso, a rotina chama atenção para o problema e piora a situação.

Se você analisar direitinho, a rotina é boa e tem seus benefícios.

Afinal, todos nós precisamos de certa rotina para manter o mínimo de equilíbrio e organização em nossa vida, seja pessoal, conjugal ou profissional.

Uma boa rotina proporciona maior tranquilidade, evita ansiedades desnecessárias e nos mantém alinhados a uma vida normal e saudável. Num relacionamento também  ajuda o casal ganhar mais tempo de qualidade e abre espaço para fazer planos juntos.

Isso significa que nem sempre Rotina é o mesmo que tédio ou monotonia. Se ela for bem dosada e agradável a ambos, traz mais proximidade e cumplicidade.

Mas veja bem…

Apenas se for bem dosada. Nada em excesso é bom.

O QUE FAZER PARA RETOMAR A RELAÇÃO?

Mulher Dominando

Como vimos acima, muitas brigas que acontecem entre o casal, de certa forma estão  relacionadas à desentendimento na cama.

Geralmente quando um casal não está se entendendo no sexo ou não está tendo o prazer que gostaria na cama, acaba perdendo a paciência e descontando em outras coisas do dia a dia.

Como reverter toda esta situação e fazer o desejo voltar com força total entre o casal?

Primeiramente, o ideal é você descobrir qual é a fonte de todo este afastamento. Dessa forma fica mais fácil buscar a solução do problema e não arranjar outros para deixar a situação pior ainda.

Pense comigo…

Quando você está doente por algum motivo, você não sai em busca de remédios? Claro que sim! Duvido que você queira piorar o seu estado. É mais ou menos assim que funciona quando a relação está esfriando.

Você deve ir em busca de soluções e não de mais problemas!

Para aquecer os motores novamente pense nos seguintes passos:

  • Investir no diálogo;
  • Retomar carinho e intimidade no dia a dia;
  • Investir na vida sexual.

Dialogar com o parceiro é primordial! Creio que tudo se resolve primeiro por ai. Nada melhor que esclarecer de vez os pontos que estão incomodando ambos.

Retomar o carinho e a intimidade também é importante para que o casal possa resgatar o bom convívio e costume um com o outro.

Muitas vezes achamos que isso não tem relevância alguma, mas são justamente estes detalhes que fazem toda a diferença.

E que detalhes são estes?

DETALHES QUE AQUECEM A RELAÇÃO

Gestos de carinho, bilhetinhos ou mensagens eletrônicas, surpresas e momentos de intimidade devem ser cultivados ao longo do dia.

Procurem entre a correria da vida encontrar um tempinho só para vocês, como na época de namoro. Resgatem os bons tempos…

Lembram como era bom assistir a um filminho juntinhos comendo pipoca?

Ir ao cinema no meio da semana, fazer aquela viagem há tempos adiada, matricular-se numa escola de dança são alguns exemplos.

Estas pequenas atitudes são muito importantes para manter o amor, carinho e respeito que ainda existe entre vocês. 

Depois vamos à parte boa: invista na vida sexual tanto quanto investe na vida profissional e social.  

E já que o assunto é longo, aproveito para sugerir outros artigos em nosso blog para dar continuidade a este tema:

Agora conte aqui pra gente: o que você achou das nossas dicas?

Deixe seu comentário contando o que pode ser acrescentado neste texto. Sua opinião é muito importante para nós! 

E não deixe de compartilhar este conteúdo com suas amigas!

Suplementos Sexuais Que Aumentam A Libido

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Replies to “O Que Fazer Quando a Relação Esfria?”

Andréia Oliveira Pires

Muito bom !
Foi super útil para mim nesse momento ,onde meu relacionamento está esfriando e não quero ,de jeito nenhum que acabe .

Alessandra Amaral

Olá, Andreia! Que bom ter seu feedback! Ficamos muito felizes em ajudar de alguma forma. Desejamos muitas felicidades em seu relacionamento. Continue nos acompanhando sempre. Um abraço.

Alessandra Valentim

Gostei muito do texto!vai me ser muito útil na minha relação

Alessandra Amaral

Olá Alessandra, como vai? Que bom que este conteúdo foi muito útil para você! Agradeço pelo seu comentário. Desejo muito amor e harmonia em seu relacionamento. Grande abraço.