Fetiches

Odaxelagnia: O Fetiche da Mordida

Alessandra Amaral
Escrito por Alessandra Amaral em 29/02/2016
Odaxelagnia: O Fetiche da Mordida

Você sabe o que significa odaxelagnia? Etimologicamente, o termo deriva da união das palavras gregas odáx, que significa morder com os dentes e lagneía, ou seja, cópula. Portanto, se você já concluiu que odaxelagnia é o fetiche por morder ou ser mordido, acertou!

Com mordiscadas leves e sutis ou mordidas mais doloridas, que dão vazão ao sadismo, esse fetiche tem no corpo humano campo fértil: pernas, abdome, mamilos, nádegas, pescoço, enfim, o lugar só depende da criatividade dos parceiros!

Quando as mordidas são nos lábios, o fetiche pode ser chamado de quilofagia, já que aquele que morde desfruta mesmo da sensação de alimentar-se do outro, sorvendo para si algo muito peculiar.

Muitas vezes, a só mordedura de objetos de uso do parceiro pode atingir o mesmo objetivo, como roupas (íntimas, preferencialmente) ou adereços (colares e brincos costumam passar essa sensação, eis que utilizados em zonas frequentemente erógenas, como orelhas e pescoço).

A odaxelagnia é, por vezes, associada como exclusividade do vampirismo, mas a maioria das formas de mordedura erótica não envolve, necessariamente, o derramamento de sangue. Em verdade, a mordida é a mais fácil e mais aceita prática de sadomasoquismo!

O Kama Sutra, antigo e importantíssimo texto indiano sobre o comportamento sexual humano, diz que nada mais anima e aumenta o erotismo do que as mordidas e marcas deixadas no corpo do parceiro, chegando mesmo a descrever as deliciosas sensações de ter a pele do parceiro entre os dentes e de estar entre os dentes do parceiro – como se o beijo não bastasse para expressar todo o desejo e fosse imperativo o uso de uma carícia mais intensa, mais visceral.

O escrito sânscrito descreve oito tipos de mordidas eróticas:

Mordida Escondida

É geralmente realizada no lábio inferior da boca, deixando apenas uma vermelhidão na pele. Adiciona um toque de cumplicidade entre os parceiros, como se houvesse um segredo que só os dois sabem.

Mordida Expandida ou Mordida Inchada

É a mordida nos lábios ou na bochecha do parceiro, com uma suave pressão nas arcadas dentárias do mordedor. A área mordida é, assim, expandida, o que proporcionalmente aumenta o prazer para ambos.

Mordida no Ponto

Nessa modalidade, morde-se com apenas dois ou quatro dentes, uma pequena área da pele. A precisão e a escolha desta carícia comunicam a paixão e o desejo pelo parceiro. E, quando realizada no lado esquerdo do lábio inferior, representa verdadeiramente uma marca de posse erótica.

Mordidas em Linha Pontilhada

São pequenas, suaves e seguidas mordidas, formando mesmo um tracejo que, quando realizado em zonas muito erógenas, como coxas e pescoço, dão a exata noção da reação do parceiro. O despertar de sensações dessas mordidas atiça ainda mais a sensualidade.

Mordida do Coral e da Jóia

O nome é curioso e significa que a mordida utiliza os lábios e os dentes, simultaneamente. Essa maneira tem um toque de ternura e paixão, especialmente quando direcionado às bochechas.

Mordida com Linha de Jóias

Esta mordida é feita com todos os dentes. Deve-se começar por áreas maiores e menos sensíveis do corpo, como os braços, pernas e costas. É como se você fosse uma massagem sensual com os dentes.

Mordida “Nuvem Rota”

Para essa mordida, deve-se usar todos dentes. As mordidas são dadas em círculo, com pequenos espaços entre elas. É ideal para áreas neste formato circular, como seios e nádegas.

Mordida do Javali

É a mordida muito apaixonada, que deixa muitas e enormes fileiras de marcas, próximas umas das outras, bem avermelhadas. Sobre ombros e seios costuma despertar sensações muito intensas.

É fácil concluir que o prazer das mordidas encontra raízes no mesmo elemento tátil que o beijo, podendo conduzir ambos os parceiros a sensações incríveis! Você é um daqueles que aprecia a Odaxelagnia? Sim? Então, mordedores e mordidos, divirtam-se com este fetiche!

Fonte: site Fetiche Club

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *