Saúde

Higiene Íntima Masculina: cuidados essenciais

Alessandra Amaral
Escrito por Alessandra Amaral em 10/08/2016
Higiene Íntima Masculina: cuidados essenciais

A última coisa que você quer quando vai com alguém para a cama é descobrir que ela não é um fã de higiene íntima. Puxar para baixo uma calcinha ou cueca e subir aquele forte cheiro que envergonharia qualquer dono de peixaria é péssimo, para qualquer um dos lados de um relacionamento (já imaginou a cena?).

A higiene masculina exige tantos cuidados quanto a feminina. Manter a região dos genitais limpa é muito importante para a saúde corporal e para a vida sexual do homem. De nada adianta cuidar do visual, da pele ou do cabelo; se preocupar com pegada, sexo e fetiche, se a parte principal não tem atenção adequada, entende?

Um homem cujo pênis e região genital cheia mal é simplesmente fora de cogitação. E o pior é que uma mulher que pega um cara assim, vai passando a (má) informação adiante. Você não quer ficar “famoso entre as mulheres” neste quesito, né?

A maioria passa uma água no pênis na hora do banho e  “pronto, tá bom”. Higiene íntima também é importante para evitar doenças graves na região. Será que se os homens soubessem que a limpeza do local é uma das principais maneiras preventivas do câncer do pênis, não capricharia mais na hora de higienizá-lo?

” Só no ano de 2006 foram mil amputações do órgão pelo SUS devido ao problema de câncer peniano (Sociedade Brasileira de Urologia)

Não é só a nossa pele do rosto que possui glândulas sebáceas. A glande (cabeça do pênis)  e o prepúcio (pele) também as contêm. Em alguns pênis, elas são mais dilatadas e parecem bolinhas brancas pequenas. Essas glândulas, são essenciais, já que liberam substâncias pra proteção e lubrificação. Essas substâncias são pastosas, brancas, e tem uma química semelhante a do queijo, assim sendo,  têm um cheiro característico. Estou falando do ESMEGMA. Entretanto, seu acúmulo causa um odor péssimo e forte, além de um ambiente próspero para infectar e inflamar.

Para evitar infecções, inflamações e odores indesejados na área dos genitais, é importante seguir algumas regras de higiene masculina. Esses problemas, além de serem incômodos, podem atrapalhar muito na hora do sexo. Saiba como evitá-los:

Veja dicas para uma higiene masculina impecável

Lave as mãos

Lavar as mãos antes de ir ao banheiro pode parecer estranho, mas é um hábito de higiene masculina recomendado. Isso porque, ao tocar o pênis com as mãos sujas, você leva as bactérias e fungos para a região genital. Por isso, lavar as mãos é fundamental para diminuir o risco de contrair doenças.

Enxugue o pênis

Apesar se não ser a atitude mais prática, enxugar o pênis com o papel higiênico é um hábito necessário. Isso porque, quando sobram resíduos de urina na cueca, aumenta o risco da proliferação de germes no local, contribuindo para as infecções fúngicas. Isso sem falar no incômodo do mau cheiro ocasionado pelo acúmulo de gotinhas de xixi.

Use sabonete no banho

Na hora do banho, dedique uma atenção especial para lavar o pênis. Para realizar a higiene masculina completa nessa região, a recomendação é retrair o prepúcio (pele que recobre a cabeça do pênis), e lavar bem a área da glande com sabonete. Por fim, é preciso enxaguar todo o genital. Durante o banho é necessário que toda a região genital e anal seja higienizada, afinal você não sabe por onde os lábios de sua parceira irão passear depois…

Retire o excesso de pelos

A recomendação para uma higiene masculina adequada é retirar apenas o excesso de pelos. Depilar completamente os pelos pubianos não é a melhor alternativa, pois os fios têm a função de proteger o organismo, especialmente na região genital.

Esteticamente falando, é importante aparar um pouco a área, pois nos fios há glândulas que produzem suor e gorduras para lubrificar a pele. Elas são as responsáveis por ocasionar mau odor, que não é agradável para ninguém.

Use camisinha

Use preservativos sempre na hora do sexo. Ele é a barreira mecânica entre os germes e a pele do seu pênis. Vista-se! E mesmo se vestindo, escolha bem sua parceira sexual, afinal você não quer ganhar grátis uma DST – Doença Sexualmente Transmissível. O chato (pediculose pubiana), por exemplo, é uma doença transmitida mesmo com a camisinha.

Evite calças e cuecas apertadas

Além de elevar a temperatura na área, pode causar traumas na pele do saco escrotal. Lembre-se e inspire-se nos índios: andam completamente nus.

Cuecas estilo samba-canção são mais aconselháveis para a higiente íntima masculina por apertarem menos a região escrotal masculina. Isso pode inclusive influenciar na qualidade do sêmen produzida pelo organismo masculino.

Além de serem mais confortáveis, elas possibilitam uma melhor circulação de sangue e de ar na região, evitando o acúmulo de umidade. Prefira cuecas de algodão que possibilitam uma melhor transpiração da área.

Após a relação

A higiene íntima masculina é essencial logo após a relação sexual. É claro que você não precisa ser insensível e sair correndo da cama logo que a relação terminar, mas lembre-se de fazê-la. Doenças causadas por fungos, como a candidíase podem ser evitadas pelo simples ato de lavar pênis após a relação. Isso pode ajudar também a remover os resíduos de esperma, o excesso de lubrificante do preservativo e para retirar o muco de lubrificação natural da mulher. Estas substâncias podem ser responsáveis pela proliferação de bactérias e fungos na região.

Homem circuncidado tem que ter uma higiene íntima diferente?

Homens circuncidados tem de ser ainda mais cuidadosos sobre a higiene íntima porque lhes falta o prepúcio que protege a glande do suor, poeira e todos os tipos de substâncias que não devem entrar em contato com o pênis. Alguns homens escolhem circuncisão precisamente porque eles pensam que perder o prepúcio ajuda a manter o pênis limpo.

No entanto, há um debate em curso entre os especialistas sobre os riscos e benefícios da circuncisão. Muitos médicos dizem que a remoção do prepúcio de proteção é menos higiênica e expõe a glande para várias bactérias que causam infecções do trato urinário. Ao mesmo tempo, outros médicos afirmam que as armadilhas de esmegma e sujeira no prepúcio são péssimas, e homens não circuncidados não são poupados do risco de infecções. O que tudo isso significa? Cuidado redobrado.

Outras dicas importantes 

Pratique exercícios físicos na medida

Faça exercícios físicos regulares, mas não fique mais de três ou mais horas seguidas. Você pode aquecer o corpo, e assim, os testículos.

Esqueça o cigarro

Cigarro, maconha e cocaína reduzem o número de espermatozoides, e assim a sua fertilidade. Além disso, o cigarro piora a circulação, e consequentemente,  a sua ereção.

Auto-exame

Não falamos  do exame da próstata. Você pode checar seus testículos e a região peniana e ver se não há alguma anormalidade no local. Procure examinar e conhecer cada parte de seu corpo.

Na checagem, procure por: verrugas, bolinhas, ferimentos, manchas, microrganismos (encontrados grudados nos pelos). Repare também se há secreção branca,amarelada ou esverdeada no canal do pênis. Médico imediatamente.

Importância da higiene masculina para o sexo

Não é segredo para ninguém que a higiene é fundamental na hora do sexo. Assim como odores ruins provenientes da vagina podem afetar a relação, as mulheres também se incomodam com o mau cheiro. Além disso, se você não manter a higiene adequada, pode acabar prejudicando sua parceira, além de colocar em risco sua saúde.

É importante ter cuidado com as infecções, para que elas não sejam compartilhadas através da troca de secreções. Na hora da relação, é fundamental haver total sinceridade sobre qualquer problema genital. Além disso, se você estiver sofrendo com alguma condição relacionada aos genitais, não hesite em procurar auxílio médico.

Fonte: site Doutíssima / Beleza Masculina / Vivo mais saudável

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Replies to “Higiene Íntima Masculina: cuidados essenciais”

Pedro Paulo

Foi o melhor artigo que já li sobre o assunto.
Parabéns!

Alessandra Amaral

Ola, Pedro Paulo. Muito obrigada pelo seu feedback. Sua opinião nos incentiva muito a continuar e melhorar nosso conteúdo. Um grande abraço.