Sexo

Como enlouquecer uma mulher na cama

Alessandra Amaral
Escrito por Alessandra Amaral em 25/02/2015
Como enlouquecer uma mulher na cama

Toda vez que se fala em “pegada” o que mais aparece são comentários egocêntricos dizendo que “fazem e acontecem”. Convenhamos… Homens “de pegada” têm aos montes por aí. Trepada boa também não é raro. Mas homem que sabe (de verdade) fazer sexo oral neste planeta é algo que podemos considerar um verdadeiro tesouro.

Muitos dizem que vão nos fazer subir pelas paredes, mas quando chega naquela hora mais parecem gatinho bebendo água.Dá vontade de chegar perto dele e falar baixinho no ouvido: “Querido, você acha que ISSO é sexo oral?”.

Posso estar enganada, mas ainda não conheci nenhuma mulher que não goste desta “modalidade” e que não valorize quem sabe fazer o serviço bem feito. A mulher pode não se apegar no cara, nem na sua companhia, mas com certeza não vai esquecer-se da forma que aquela língua experiente percorreu.

Então vem a pergunta: “Como arrasar no sexo oral”? Bem, não vou cair naquela conversa do “faça isso ou aquilo que ela vai gostar” e encher o texto de dicas técnicas. Cada pessoa tem seu jeito de dar prazer para outra. E o que pode ser bom para uma mulher, para outra pode ser exatamente o contrário. Desculpem o trocadilho, mas só metendo a cara para saber.

Pra começo de conversa, vamos usar a lógica: faça sexo oral da mesma forma que gosta de receber. Homem gosta de mulher de atitude, que admire seu sexo feito obra de arte, que faça com extrema vontade, que olhe nos olhos, que chupe até o fim, não é? Com uma mulher é a mesma coisa!

Primeira coisa a ressaltar: ele tem que gostar (e muito!) de fazer. Mulher adora homem que tem sede de “uma chupada”! A vontade dele tem que estar escrita na boca, nos olhos e no jeito que ele faz. Uma das coisas mais desanimadoras que tem numa transa é ver um parceiro de má vontade, parecendo que está com nojo e depois dá umas lambidinhas pra fazer de conta que cumpriu seu papel. Acha que mulher não percebe isso? Se for fazer isso, não precisa nem começar. Pior que falta de sexo é sexo muito mal feito.

Preste atenção nos sinais que sua parceira lhe transmite. Observe quando ela se retrai a determinado toque, intensifique aquele jeito de mexer a língua quando perceber que ela gostou mais, capriche quando ela começar a gemer mais alto e/ou puxar seus cabelos (sinal que está “mandando bem”). Se precisar, pergunte como ela gosta. Não há motivo para vergonha, pois é muito melhor engolir o orgulho do que gastar saliva à toa.

Outra coisa: tem que ter ritmo constante e não ficar parando no “meio do caminho”. Já pensou: ela quase atingindo o orgasmo e o parceiro simplesmente para? A concentração vai embora e o prazer vai pro espaço. Começou? Vá até o fim e só pare quando ouvir o “Ohhhh”…

Se quiser, pode usar dedos, brinquedinhos eróticos, gel comestível, o famoso Hall’s preto e toda as outras ideias que surgirem na sua cabeça. Só não se esqueça do detalhe mais importante nessa hora: mulher gosta de se sentir (muito) desejada! Faça ela se sentir uma deusa na cama e que você está louco para devorá-la! Acredito que a zona erógena mais importante da mulher seja a sua mente. Então comece a estimular a imaginação antes mesmo de ir pra cama.

E quando chegar o momento, por favor: seja o mais despudorado dos homens! Penetração é “serviço básico”, preliminares orais (com satisfação garantida) é “serviço de primeira linha”. Difícil esquecer um homem assim!

Homem enlouquece uma mulher com a boca… desde o momento que começa a falar até o momento em que faz ela gozar.

Autoria: Alessandra A.