Sexo

Como arrasar no sexo oral com sua parceira

Alessandra Amaral
Escrito por Alessandra Amaral em 17/05/2015
Como arrasar no sexo oral com sua parceira

Muito homem diz que sabe fazer uma mulher subir pelas paredes, que arrasa na cama, mas quando chega a vez dela ser estimulada e receber o sexo oral, pula esta etapa e vai logo para os ‘finalmentes’.

Depois acontecem aquelas trepadas “meia boca” e o homem não sabe por que as mulheres arrumam desculpas para não sair outra vez com o ele.

Posso estar enganada, mas ainda não conheci nenhuma mulher que não goste de sexo oral bem feito e que não valorize quem sabe fazer o serviço bem feito.

Convenhamos, homem bom de língua é praticamente um tesouro no mercado…

Se você pensa que seu ponto forte é seu membro gostoso ou seu corpo definido é porque não perguntou a uma mulher o que ela gosta de verdade.

Não esqueça desta máxima: “Uma chupada bem feita é um ótimo cartão de visitas”!

Ainda que a relação não renda uma história, com certeza vai lhe render MUITA FAMA entre as mulheres.

Então vem a pergunta: “Como arrasar no sexo oral” com as mulheres?

Desculpem o trocadilho, mas só metendo a cara para saber (esfregar também está valendo…).

Esqueça as regras prontas e básicas que todo homem acha que sabe. Nós sabemos o caminho!

E nada melhor do que uma mulher pra dar esses toques, não é? Confira algumas dicas a seguir para mandar bem no sexo oral com ela.

TER VONTADE DE FAZER SEXO ORAL

Vamos traduzir este “ter vontade” por “pegada e atitude”. Eis um item que separa os meninos dos homens: saber dar prazer a uma mulher.

Pra isso você vai precisar de muita dedicação, tesão e principalmente a vontade de chupar expressa em todos os seus poros.

Pra começo de conversa, vamos usar a lógica: faça sexo oral da mesma forma que gosta de receber. Homem gosta de mulher sem frescuras, que admire seu sexo feito obra de arte, que faça com extrema vontade, que chupe até o fim, não é?

Saiba que com uma mulher é a mesma coisa! “Lambidinhas de gato” não surpreendem ninguém!

Uma das coisas mais desanimadoras para uma mulher é ver que o parceiro está com má vontade ou demonstra estar com nojo do seu corpo.

E você sabe que toda mulher é muito observadora, principalmente neste quesito.

Lembrando que a vagina é uma região úmida, logo vai produzir secreções. Você vai ter que se lambuzar por lá, meu caro!

Se ficar com ‘nojinho’ e der umas “linguadas” pra fazer de conta que cumpriu seu papel, então melhor nem começar. Pior que não fazer é fazer muito mal feito. Isso gera muita revolta feminina.

PROVOQUE ATÉ ELA IMPLORAR MAIS

Aquele jeito mecânico de abrir as pernas e meter a cara só é válido se o tesão estiver em altíssimo grau.

Faça um pequeno jogo antes de chegar direto ao ponto. Mulher gosta disso!

Provoque primeiro a imaginação dela e depois vá para o seu objetivo. A mente se excita primeiro que o corpo, então use isso ao seu favor: instigue-a de todas as formas!

Olhe pra ela com cara de cafajeste, faça ela pedir pela sua língua. De preferência diga tudo isso com aqueles famosos “beijos no cangote”.

Ao mesmo tempo, esfregue os dedos por cima da calcinha, ora de leve ou com pressão.

Por que? Porque gestos imprevisíveis geram ansiedade e tensão. Ela não saberá qual seu próximo passo.

E não esqueça de beijá-la até sentir o tecido molhado (liga em cima e esquenta embaixo, mais ou menos isso).

Se eu fosse você, ia ser mais maldoso ainda: iria atiçar tanto, tanto, tanto… Até ela implorar! De pernas abertas!

ANALISE E ESTUDE O LOCAL

Observe o desenho abaixo e preste atenção no que vou dizer. Não é brincadeira, não!

Pode parecer primário, mas resolvi ilustrar este texto com esta imagem porque muito homem que não sabe nem o que é clitóris.

E por incrível que pareça, também tem mulheres que desconhecem o próprio corpo (uma pesquisa detalhada na frente do espelho não faz mal a ninguém!).

Assim como um peito costuma ser diferente do outro, os lábios vaginais também não são iguais. Essas assimetrias são super normais, não interferem no seu prazer ou na sua saúde. Bora analisar!

vagina

Vou ser bem didática. O que fazer nestas áreas?

LÁBIOS MAIORES

Eis uma área de grande concentração de prazer. Costuma ser muito sensível e podemos chamar de Zona de Provocação.

Se o homem usar seus lábios como se estivesse beijando uma boca, deixa qualquer mulher louca de vontade para que siga em frente.

Nesta região use a língua de forma bem aberta para cobrir toda sua extensão. Cada um tem um jeito de começar, mas se você quer fazer um bom trabalho a dica é iniciar o sexo oral através dos lábios maiores da vagina.

LÁBIOS MENORES

Vamos chamar de Zona de Tensão, pois está quase perto do ponto principal. Esta área é sensível a chupadas.

Se usar a ponta da língua, melhor ainda. Alterne entre movimentos rápidos, lentos e imprevistos.

Se for chupar, que não seja com força. Lembre que você ainda está numa fase que só está provocando ela.

URETRA

Esquece esta parte, passe adiante. É bem ali onde se faz xixi, uma área mega sensível. E não use os dentes, “pelamordedeus”!

ÂNUS

Ao ser estimulado desperta novas sensações e prazeres. Ao passar a língua pela Zona de Perigo você estará realizando o tão famoso “Beijo Grego”.

O ânus é uma área com muitas terminações nervosas e despertam um prazer incrível. Vale a pena investir e caprichar nesta região.

Quem sabe até prepare ela para um futuro sexo anal

CLITÓRIS

Eis O Segredo! O Baú do Tesouro! Não esqueça disso.

Se para o homem o centro do Universo está no seu membro, para a mulher a Chave do Paraíso se localiza neste botãozinho.

É aqui que sua dedicação deve ter maior afinco. Para que a mulher sinta mais prazer, faça o seguinte: abra os lábios vaginais, de modo que o clitóris fique mais exposto pra você. A pele fica mais esticada, logo fica mais sensível.

Deste jeito as sensações ficam muito mais fortes para a mulher.

VAGINA

Se for estimulada junto com o clitóris, o prazer é certo! Você pode intercalar sexo oral (enquanto estiver estimulando o clitóris) e usar os dedos ao mesmo tempo. Depois que ela conseguir atingir o orgasmo, entre e fique à vontade.

SEJA UM EXÍMIO EXPLORADOR

Observe estes pequenos passos:

  • Quando chegar ao seu “local de trabalho”, passe a língua suavemente por toda a região, como se estivesse explorando.
  • Não tenha pressa e nem pressione psicologicamente sua parceira com frases do tipo “tá gostando?” ou “já vai gozar?”.
  • Nada de insinuar que ela esta demorando pra atingir orgasmo.
  • Evite a língua dura, ela não é uma espada. Seu pau precisa estar duro, mas sua língua não.

Seu objetivo agora é fazer esta mulher subir pelas paredes. Se tiver gel comestível para sexo oral à mão, esta é a hora para espalhar no local.

COMO ARRASAR NO SEXO ORAL COM SUA PARCEIRA?

Comece a beijar os grandes lábios como se fosse beijá-la na boca. A sensação de um “beijo” deste tipo é o começo de tudo! Depois do “selinho” e do beijo gostoso, parta para o “beijo de língua”, entendeu?

Faça movimentos circulares com a ponta da língua nos lábios menores ou então coloque os lábios na parte mais alta da vagina e com a língua faça um movimento ascendente, na parte interna.

Logo acima (na figura), nós temos o clitóris. Para quem não sabe, o clitóris é uma saliência na região superior da vagina, com milhares de terminações nervosas e um único objetivo: dar prazer à mulher.

Se você quiser mandar bem no oral, tem que atingir essa área. Ali está o segredo.

Com os dedos, afaste os grandes lábios e encontre-o com mais facilidade. Este detalhe é muito importante porque quanto mais você afasta a pele, mais o clitóris fica exposto e com isto, mais sensível e propício ao prazer.

A sensação é diferente quando você puxa a pele para cima do que simplesmente deixá-la na “posição normal”.

Passe a língua pelo alvo, observando a reação e faça uma sucção nela. Nesta fase de “exploração”, alterne os ritmos e seja imprevisível nas lambidas. Isso vai deixar ela na expectativa do seu próximo movimento.

Só não fique achando que sexo oral é só enfiar língua na vagina e chupar clitóris.

Uma dica para você: incremente este momento brincando com aquelas bolinhas beijáveis, seja fazendo massagem externa na vulva ou introduzindo na vagina. Explorar a região externa, como a vulva, o ânus e até a parte interna das coxas podem fazer milagres.

NÃO VÁ COM FORÇA, VÁ COM JEITO!

Aos desavisados de plantão: região genital feminina é muito sensível e um movimento bruto pode causar dor e não prazer.

Entenda que a mulher se excita de maneira gradual e não brutal. Não morda ou tente apertá-la bruscamente.

Da mesma forma que você não gosta de sentir os dentes arranhando seu pau, mulher também não gosta de ser mordida. O que vai conseguir com isso é a fazer perder a concentração e deixá-la aflita pra caramba.

Quanto à sucção: tem que ser leve e suave, para que depois (aos poucos) você aumente força e intensidade.

Algumas até aceitarão uma pegada mais forte e até pedirão isso, outras, porém são mais sensíveis e você terá que ser mais cuidadoso.

O ideal é observar sempre os movimentos de sua presa, prestando atenção nos movimentos que arranca mais gemidos e mordidas na fronha.

HABILIDADE COM OS DEDOS

Opa! Atenção neste quesito! Homem tem que saber usar os dedos! Em muitos casos, dedos e língua substituem muita coisa.

Convenhamos, eles são complementos fundamentais no sexo oral!

Enquanto você trabalha o clitóris com a língua, brinque com os dedos em sua vagina. Ou vice versa, quando estiver com a boca mais embaixo, use os dedos para brincar com o clitóris. Enfie um, dois ou três e brinque com eles simultaneamente.

Quer levar ela de vez à loucura?

Então busque o ponto G com seus dedos durante o sexo oral. Não interessa se vai encontrar ou não, mas só o fato de você tentar vai arrancar altos gemidos, com certeza!

Enquanto estiver brincando dentro dela, introduza o dedo cerca de 4 a 5 centímetros dentro do canal vaginal.

Estimule essa região com toques de pequenas e médias pressões. De preferência gire o dedo como se estivesse fazendo um círculo dentro da vagina e ao mesmo tempo abra os grandes lábios, expondo o clitóris.

E chupe com vontade! Além de acelerar o orgasmo, o conjunto (dedos + ponto G + clitóris + língua ágil) com a boca vão transformar sua chupada em algo memorável.

Um dia se você quiser inovar e fazer diferente, experimente usar nela uma daquelas cápsulas vibratórias para estimulação feminina. Ela vai à loucura!

Confere aí na ilustração o que eu estou falando.

ponto g

Volto a dizer: não seja brusco. Masturbar uma mulher não é o mesmo que você se masturbar! Você que é homem gosta de força, pressão e rapidez. Mulher, não.

POR FAVOR, NÃO PARE!

Com certeza, ao chegar nesse estágio ela vai estar naquele “ponto sem volta”. Observe suas ações pelos gemidos dela. Quando mais frequentes, mais certo você estará.

A fase da “exploração” ficou pra trás há muito tempo, então tudo o que você deve fazer agora é manter o ritmo.

REPITO: MANTENHA O RITMO!

Nada de ficar mudando de técnicas ou fazendo “altos e baixos” na pressão.

Essa é a chave do seu sucesso. É muito ruim quando você está quase atingindo o orgasmo e o parceiro resolve “inovar” logo nesse momento ou então para tudo com esta pérola: “Você está gostando, querida”?

Importante deixar claro um detalhe: depois que atingem o orgasmo, muitas mulheres ficam com a região bem sensível ou perdem o interesse por sexo. Dê um tempo para ela se recuperar e se liga nesta dica.

Use aqueles geis excitantes que aquecem o local e aproveite para partir para a ‘paulada’ quando as coisas estiverem no ponto ideal, logo após o orgasmo.

Assim, poderá se aproveitar do estado avançado de excitação dela e arrancar mais orgasmos ainda!

Ah, mais uma ideia para você:

  • Os mais ousados podem inventar brincadeiras com chantilly, morangos, pêssegos.
  • Imagina esfregar metade de um pêssego em calda por lá?
  • Ou fazer um biquini de chantilly só pra você ter o prazer de tirar (digo, limpar) com a língua?
  • Ou regar este momento com alguma bebida (e morango em cima).

O sexo oral ficará mais gostoso e ainda mais interessante se você acrescentar um toque diferente. O detalhe é que faz a diferença, lembra sempre disso!

Deu por hoje! Boa sorte, amigo! E arrase, viu? Nada menos do que isso.

Agora vou fazer uma pergunta: Você conhece alguém que adoraria receber essas dicas?

Então compartilhe esse artigo, seja nas redes sociais, no WhatsApp ou até mesmo copiar a URL desse artigo para enviar a quem deseja.

E, para finalizar, gostaria muito de saber a sua opinião sobre esta matéria. Comente logo abaixo ou deixe uma dica extra para incrementar nosso post.

Alessandra A. – Blog Meus Fetiches

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *