fetiches-e-fantasias-salvam-uma-relação
Amor Relacionamento

Fetiches e fantasias salvam uma relação?

De repente a relação cai na rotina. Os dois não parecem ter disposição pra nada, todos os dias fazem a mesma coisa e até o sexo anda meio sem graça. Até que um dos dois resolve fazer algo diferente. E bem diferente! Radicalizam o sexo e começam a experimentar todo e qualquer desejo escondido. Será que adianta realizar todos os fetiches com o objetivo de salvar um casamento do fracasso?

À meia-luz do quarto, seu parceiro amarra você na cama, te deixa vendada, tira sua calcinha e faz um sexo oral de revirar os olhos. Pra quem está acostumado a ousar, isto é apenas o começo, mas quem vive no marasmo do “papai-e-mamãe” fantasias como esta tiram qualquer um do bom caminho.

Vamos avançar um pouco mais: E se o parceiro gostou da brincadeira e resolve colocar um pouco mais de intensidade e acrescentar alguns elementos? Tipo levar algumas chicotadas ou ser algemada pelas mãos e pés, ou quem sabe repetir esta cena com algum estranho enquanto seu companheiro está com outra pessoa? Ou acabam se “viciando” tanto nestas práticas sexuais que não veem mais interesse em voltar para o “lado comum do sexo”.

Algumas pessoas acham que vestir fantasias não é o suficiente para sair da rotina. Enquanto alguns se contentam com o “básico”, outros fazem de tudo para experimentar novas experiências, como se o que já conhecem não fosse o suficiente. Expectativa, ansiedade, medo do desconhecido, privação de sentidos, prazer pela dor e dominação (ou submissão) e outras sensações diferentes se misturam ao “tradicional tesão”.

Estas variantes de sexo aumentam a adrenalina e tornam a transa mais intensa e prazerosa. Não é à toa que as pessoas buscam cada vez mais pelo “diferente e proibido”. Cada um de nós tem um pouco de fetichista, outro tanto de masoquista, uma pitada de sadismo e invariavelmente, uma boa parte de voyeur dentro de si. E se você for analisar de verdade tudo isso, o que diferencia o sexo fetichista de um “sexo normal” é a intensidade e ousadia.

Mas por que como dois parceiros que se amam podem sentir satisfação sexual em sentir dor? A verdade é que dor e prazer andam junto, isso ninguém pode negar. O sexo é instintivamente agressivo e a dor ajuda a “desprender” esta energia acumulada.

E por que certas pessoas apreciam jogos de dominação? Neste caso, há um desequilíbrio de poder. A relação não é de “igual para igual”. Quem é dominado se libera da responsabilidade do que está acontecendo, enquanto o dominador entra como um “libertador deste prazer”.

Outro impulso sexual que tem crescido na vida sexual dos casais é o voyeurismo. Assistir ao parceiro transar com outra pessoa parece ser um jogo que só os dois conhecem. Alguns adeptos desta prática acreditam que isto cria cumplicidade. Outros buscam novas formas de melhorar a performance observando os outros e ter prazer intenso. Ser o observador gera desejo, e mais do que isso, estimula a transgressão e quebra de tabus. Afinal, quem “peca” não é você, é o outro. De certa forma, isto “liberta” a mente da culpa por estar fazendo isso.

Entregar-se aos desejos proibidos, porém não salva nenhuma relação da falência. A maior base de um relacionamento se dá fora da cama, isto é fato! Se o problema do casal for o sexo, então novas práticas sexuais podem fazer os dois ultrapassarem suas inibições e melhorarem as coisas. Enquanto houver sentimento e respeito um pelo outro, pode ser uma simples fantasia ou um grande fetiche que tudo estará resolvido entre lençóis.

Mas lembre sempre deste detalhe: se o problema não for o sexo, nenhuma prática sexual vai ter a capacidade de construir afeto, cumplicidade e confiança que nunca estiveram presentes na relação. Por isso antes de achar que tudo se resolve com calcinha preta e espartilho quando o clima não vai bem, confira se o amor está presente em sua casa todos os dias.

Autoria: Alessandra A. – Blog Meus Fetiches

Sobre o autor

Blog Meus Fetiches

Blog Fetichista com o objetivo de compartilhar curiosidades, dicas e novidades sobre Sexo, Fetiches e Relacionamentos. Seja bem-vindo ao nosso espaço.

Adicionar comentário

FACEBOOK

INSTAGRAM

Ashley Madison - Have an affair. Married Dating, Affairs, Married Women, Extramarital Affair