Relacionamento

Erros no relacionamento que podem causar separação

Manter um relacionamento não é tarefa simples. Muita gente acha que é só usar uma lingerie nova e fazer meia dúzia de piruetas na cama para recuperar o fogo da paixão. Esqueça este pensamento, amiga… A base da relação está na confiança e cumplicidade. O que vier depois disso é consequência destes dois itens.

Ninguém é perfeito e todos nós erramos com nossos parceiros. Só que tem erros que são tão comuns que o desgaste fica óbvio. Quer fugir disso? Então confira abaixo seis deles, listados pela especialista em relacionamento Teresa Atkin, no site Huffington Post , e aprenda a driblá-los:

Conversar com amigos sobre algo ruim que acha que seu marido fez com você

Olha a situação: você brigou com ele e a primeira coisa que faz é sair por aí falando mal do seu parceiro. Tudo bem que esteja com raiva e chateada, mas este mal pode voltar para si. Pesquisas sugerem que muitas vezes os amigos ficam mais chateados quando pensam que a melhor amiga está sendo maltratada do que quando passam por essa situação. Os outros vão ter uma visão tão negativa do relacionamento que a primeira atitude deles é ficar do seu lado e detonar o seu parceiro. Essas críticas desnecessárias podem ser fatais, pois você pode passar a enxergar a relação de uma maneira pior do que já estava. Quer saber? Ninguém precisa saber da parte obscura da sua vida. Coisas de casal se resolvem entre o casal. Mas se mesmo assim você quer desabafar, escolha duas pessoas, como um amigo de confiança e um terapeuta.

Achar que falar o problema com o marido é a solução

É comum as mulheres acharem que falar com os maridos sobre determinados comportamentos que desagradam é a chave para que eles parem de cometer o “erro”. Se a atitude não muda, começam a falar mais sobre o assunto, mais alto e com mais raiva. Não adianta insistir num caminho que você já sabe que vai dar errado. Inverta a situação, fale de outra maneira ou ache o momento certo para discutir o assunto. É necessário aprender a se comunicar melhor e passar mais tempo com a cara metade fazendo atividades divertidas.

Acreditar que a felicidade depende de mudanças do marido

O pior erro de todos! Não adianta querer que o outro mude, se você mesma não dá um passo para colaborar com isto. Pesquisa mostra que mulheres que se concentram em se tornarem a pessoa que querem ser, e não em como fazer o marido mudar, são mais felizes. Não sou só eu que digo isso… É fato! É comprovado! Portanto, foque no melhor de si. E quanto aos defeitos dele que a incomodam, arrume um jeitinho mais criativo e manhoso para contornar a situação.

Ter vidas paralelas

Vidas paralelas são o caminho para o fim do relacionamento. O casamento prospera quando os dois trabalham juntos em direção a objetivos comuns. Achar que um amante ou um casinho esporádico vai resolver a falta de tesão entre vocês só vai piorar tudo. Reserve tempo para saber o que é importante para o seu marido e conte a ele o que é importante para você. Não termine algo sem antes analisar todos os prós e contras e muito menos abandone tudo por causa de noites de bom sexo com outra pessoa. Nem tudo é cama!

Concentrar-se no que está errado

Um dos piores cenários do casamento é quando a pessoa enxerga o outro com uma lente negativa, esperando o pior. Tem gente que só reclama e não faz nada para mudar. O clima entre o casal fica cada vez mais pesado e chega certo ponto que a relação está tão saturada que não tem mais jeito. Equilibre suas preocupações com uma visão positiva. Conversem sobre o que podem melhorar e pratiquem isso. Não basta só falar, tem que agir.

Dizer as palavras fatais “eu mereço…”

Você merece felicidade e harmonia no seu casamento, mas não é com sarcasmo e ironia que vai conseguir isso.  Elimine esta expressão do seu vocabulário. É desanimador estar ao lado de alguém que só coloca o relacionamento para baixo. Ao dizer que merece tal coisa, acaba impondo algo ao parceiro e isso acaba com a suavidade da relação. É muito importante saber o que quer, mas é preciso habilidade de comunicação para pedir mais sem atrapalhar o clima e ofender o outro. Depois não adianta ficar se perguntando: “onde foi que eu errei” ou então “como deixei chegar a este ponto”.

Uma relação não acaba da noite para o dia. O amor tem que ser cultivado diariamente e não jogado fora pouco a pouco…

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Terra

Sobre o autor

Blog Meus Fetiches

Meus Fetiches Sex Shop On-line. Loja especializada em brinquedos eróticos, vibradores e produtos sensuais, além de dicas e novidades sobre Sexo, Fetiches. Apimente o seu relacionamento!

Adicionar comentário

Receba nossas Novidades por E-mail

Newsletter
Email *