Relacionamento

Como fugir da monotonia?

Imagine seu restaurante preferido: ótima localização, excelente comida, instalações adequadas. Você adora ir lá sempre! Todos os dias!

Agora imagine que o dono deste estabelecimento não faça nenhuma inovação. Depois de certo tempo, qualquer botequinho de esquina vai parecer maravilhoso porque você não vai aguentar ver a mesma coisa todo santo dia. Mesmo que a comida seja muito boa, você enjoa sempre quando é tudo igual. Piorou ainda se o dono passa ver você como “cliente fiel”, o atendimento passa a não ser tão cortês como antes, ele te recebe de qualquer jeito e ainda não investe em novidades.

Qual é o resultado? Simples… Vamos dar uma espiada na concorrência para ver o que ela oferece de bom. E o tal dono do restaurante corre um grande risco se a gente gostar do outro local.

Agora vamos pensar diferente. Digamos que o dono é um empreendedor nato e adora surpreender seus clientes. Vamos “viajar” nos exemplos… Cada noite que você vai lá, alguma coisa está diferente. Numa noite, o ambiente pode estar à meia-luz e com música suave. Na noite seguinte, a música pode estar à toda e eles tiram as mesas para transformar numa pista de dança. Numa terceira noite, servem comida italiana; na outra, servem comida francesa. Há tanta variedade e novidades por lá que você pode pedir um prato diferente toda vez que vai lá. No inverno, eles acendem a lareira; no verão, abrem bem as janelas para aproveitar a brisa…

A questão é essa: mesmo que o lugar seja o mesmo, se você muda as variantes, ele parece diferente. Um negócio não precisa ser exatamente do mesmo jeito desde a época que começou. As coisas, as pessoas, os conceitos, os costumes mudam. Os mais sagazes se adaptam e acompanham o seu tempo.

O mesmo acontece quando você faz sexo sempre com a mesma pessoa. Uma hora alguém enjoa se ninguém não faz nada para mudar! A monogamia não precisa ser monótona. Então por que tanta gente reclama disso? A resposta está na própria pergunta: tanta gente reclama disso porque SÓ RECLAMA. Atitude para mudar, poucos tem.

Na verdade, as soluções estão sempre diante de nós, o ruim é que todo mundo quer ficar na sua zona de conforto.

Sexo pode melhorar com o passar dos anos. Só há uma condição: vocês dois tem que estar dispostos a acrescentar criatividade e esforço à sua vida sexual, a fim de promover a variedade que está faltando. É possível amor sem rotina. No começo vai parecer um trabalho pesado, mas, depois de um mês, vocês estarão abrindo um largo sorriso um para o outro cada vez que se lembrarem da noite anterior. Dois meses depois, seus amigos vão perguntar por onde tem andado. Um casal que se conhece há anos ainda tem muito a descobrir um do outro.

Agora imagine que você era o dono daquele restaurante que falamos a princípio. Você iria falir se continuasse servindo sempre a mesma coisa e tratando seus clientes com pouco caso. Mas se você fosse um empresário mais esperto, com certeza, iria usar de sua criatividade como empreendedor e faria seu negócio prosperar cada vez mais. Iria investir sempre em novidades cada vez que percebesse não estar mais satisfazendo seu cliente. Iria agregar valor à sua empresa, iria se atualizar de todas as formas. E principalmente estaria sempre voltado a planos de fidelização de clientes para que a concorrência não tome conta do seu espaço.

Mae West dizia: “Sexo é como um pequeno negócio, nunca se deve descuidar dele.” Se como um empresário (empresária) você faria isso pela sua empresa, por que não fazer o mesmo com seu relacionamento? Pense nisso.

Fonte: Texto adaptado de Tracey Cox

Sobre o autor

Blog Meus Fetiches

Meus Fetiches Sex Shop On-line. Loja especializada em brinquedos eróticos, vibradores e produtos sensuais, além de dicas e novidades sobre Sexo, Fetiches. Apimente o seu relacionamento!

Adicionar comentário