Saúde

Sobre Câncer de Próstata: você precisa ler esta matéria!

O mês de novembro é marcado pelas ações do Novembro Azul, movimento mundial em prol da prevenção do câncer de próstata, o segundo tipo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele. Por esse motivo, o exame preventivo é fundamental para o diagnóstico precoce, que aumenta as chances de cura do paciente.

No entanto, muitos homens ainda deixam de fazer o exame de toque retal e se expõem aos riscos da doença por puro preconceito. É justamente para combater esse tabu que foi criado o Novembro Azul, uma forma de ampliar o debate que antes ficava mais concentrado no dia 17 de novembro, quando é celebrado o Dia Mundial de Combate do Câncer de Próstata.

O movimento que teve origem na Austrália, em 2003, estendeu as programações para todo o mês de novembro e ganhou adesão em vários países, incluindo o Brasil. O exame de toque retal não afeta a masculinidade e demonstra o cuidado do homem com a prevenção de sua saúde e integridade.

O que é Câncer de próstata?

É o tipo de câncer que  que acomete homens maduros e ocorre na próstata: glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis. A próstata masculina produz um fluido seminal que nutre e transporta o esperma.

O câncer de próstata é um tumor pode ser curado quando ainda está localizado. Se identificado já em estágio avançado, o risco de sobrevida do paciente é muito menor. Portanto, o diagnóstico precoce é fundamental no controle e cura da doença.

Sintomas do Câncer de Próstata

Em muitos casos o câncer de próstata não manifesta sintomas na fase inicial, porém na fase mais avançada a doença pode manifestar-se através de sinais como:

  • Dificuldade em urinar, muitas vezes com jato fraco ou em gotas;
  • Dor ou ardor ao urinar;
  • Vontade frequente de urinar, acordando de noite para urinar;
  • Sensação de que a bexiga ainda está cheia, mesmo após urinar;
  • Urina escura devido à presença de sangue;
  • Dor ao ejacular e sêmen escurecido.

Quando o câncer já se encontra numa fase avançada pode surgir infecções e dor nos ossos e, em alguns casos estes sintomas são comuns à infecção benigna da próstata, o que pode dificultar o diagnóstico da doença.

 

Fatores de risco

  • Antecedente familiar assume grande importância – um paciente cujo pai ou tio tiveram câncer de próstata tem o dobro de risco para desenvolver a doença do que a população em geral.
  • O risco é ainda maior para os homens que têm um irmão com a doença. Se o paciente tiver menos de 65 anos e mais de um parente afetado pela doença, o risco aumenta de 6 a 11 vezes.
  • Pacientes com parentes do primeiro grau com câncer de próstata diagnosticados com menos de 55 anos podem ser portadores de câncer de próstata hereditário (menos de 2% dos casos).
  • Outros fatores de risco envolvem a má alimentação, sedentarismo e obesidade, altas taxas de estrogênio, etnia (negros têm maior incidência, enquanto descendentes asiáticos apresentam menor) entre outros.

Diagnóstico do câncer de próstata

Os casos podem ser diagnosticados por exames, sendo o principal o exame de toque retal, mas também por exame sobre a dosagem de PSA no sangue (Antígeno Prostático Específico, uma enzima produzida pelo corpo), solicitados pelo urologista.

Se durante o toque retal o médico palpar um nódulo, a próstata deve ser mais investigada através de uma ultrassonografia, biópsia guiada por ultrassonografia e exames de urina. Veja como é o preparo para cada exame à próstata.

Como prevenir o câncer de próstata

Para evitar o câncer de próstata é necessário evitar a exposição a fatores como poluição, fertilizantes e substâncias químicas. Além disso, para detectar precocemente a doença é indicado que todos os homens com mais de 50 anos de idade façam pelo menos 1 vez ao ano o exame de toque retal e o exame de sangue de PSA.

Para aqueles com história familiar de câncer de próstata (pai ou irmão) antes dos 60 anos, os especialistas recomendam realizar esses exames a partir dos 40 anos. Se tratado no início, o tumor de câncer na próstata tem amplas possibilidades de cura, o que não acontece em relação aos diagnósticos tardios. Se o tumor se expandir para além da próstata, poderá inclusive atingir outros órgãos.

Alguns médicos recomendam a realização do toque retal e da dosagem do PSA a todos os homens acima de 50 anos.  Entretanto, vale lembrar que somente o médico pode orientar quanto aos riscos e benefícios da realização desses exames. Não existem evidências de que a realização periódica do toque retal e dosagem de PSA em homens que não apresentem sintomas diminua a mortalidade por câncer de próstata.

Manter uma alimentação saudável, não fumar, ser fisicamente ativo e visitar regularmente o médico contribuem para a melhoria da saúde em geral e podem ajudar na prevenção deste câncer.

Fonte: Governo do estado de São Paulo / site Minha Vida / site Tua Saúde

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Convido você a visitar nossa página no FACEBOOK e nos acompanhar através do INSTAGRAM.
Diariamente muitas novidades para você!
 
Gostaria de conhecer nossa Loja Virtual e nossas sugestões de produtos?
Entre em contato conosco por um destes números: (11) 94392-4247 
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

Sobre o autor

Blog Meus Fetiches

Meus Fetiches Sex Shop On-line. Loja especializada em brinquedos eróticos, vibradores e produtos sensuais, além de dicas e novidades sobre Sexo, Fetiches. Apimente o seu relacionamento!

Adicionar comentário

Receba nossas Novidades por E-mail

Newsletter
Email *