Início » Brincar de Médico: Conhecendo as Zonas Erógenas
Vamos brincar de médico?
Jogos Eróticos

Brincar de Médico: Conhecendo as Zonas Erógenas

Vamos “Brincar de médico”? Você já deve ter brincado disso quando era criança, não é?

Que tal usar o lado lúdico desta brincadeira para conhecer as zonas erógenas de seu parceiro (ou parceira)?Cá pra nós: tem muitas partes por aí que não estão sendo estimuladas corretamente e muito menos com vontade.

Como Brincar de Médico?

Chame o seu parceiro para ler esta matéria e convide-o para servir de “material para análise”. Diga que você irá analisar todas as zonas erógenas do seu corpo humano. Desafio: ele não poderá esboçar nenhuma reação.

Esta brincadeira também pode ser feita pelo homem, principalmente se ele quiser saber onde sua mulher tem mais prazer. E ela também tem que ficar bem quietinha como se fosse uma paciente (algo que eu duvido muito).

Na verdade a gente sabe que tudo vai acabar em sexo mesmo, mas não custa nada brincar de “faz-de-conta” só pra sair da rotina. Isto é ótimo para mostrar para certos homens que não existe apenas UMA zona erógena nesta vida.

Vamos descobrir onde seu parceiro sente mais prazer? Mãos à obra, doutora!

Prepare o cenário e o figurino

Para que a brincadeira seja perfeita em todos os sentidos, nada como alguns elementos para entrar no clima: vista-se de Enfermeira / Doutora / Médico pra começar. Também seria interessante conseguir um estetoscópio, máscara e alguns produtos eróticos que irão servir de “remédios” para o seu check up sexual.

Uma ideia interessante é preparar uma Maleta de Emergência com todos os produtos eróticos que você tem em casa e testar (um por um) no parceiro (e sem reclamar… afinal, hoje você é a Médica!).

Quanto ao “paciente”, deverá ficar nu (de preferência), coberto apenas por um lençol e assim facilitar os seus deliciosos exames!

Qual “exame” deve ser feito?

Nesta brincadeira você vai examinar as Zonas Erógenas do seu parceiro (ou parceira). O que é isso? São aqueles lugarzinhos secretos (e muitas vezes desprezados) que nos fazem subir pelas paredes. Às vezes são partes onde podemos sentir muito prazer do que nas regiões genitais.

Cada pessoa pode se sentir estimulada em uma parte do corpo ou em várias. Sua tarefa é saber quais são os melhores (e piores) pontos a serem tocados (ou não) e que isto servirá para os dois se conhecerem melhor.

Quais os “procedimentos” corretos para cada região?

Os Pés

Muita gente não sabe (ou não tentou), mas os pés são altamente estimulantes sexualmente. Por ser uma área de fetiche para vários homens, pode ser bastante usada. Cócegas nas plantas dos pés podem ser extremamente prazerosas para alguns e desgastantes para outros. Para “testar” esta área em seu parceiro, passe a língua em seus pés delicadamente ou então os seus seios. Ele não pode se mexer… E veja se esta zona erógena está aprovada.

Coxas

Uma região muuuuuito sensível, nós sabemos! Mas não custa nada fazer de conta que não sabe disso e começar a passar suas unhas de maneira suave, bem perto dos órgãos sexuais. As coxas, quando acariciadas levemente, causam desejos enlouquecedores. Aproveite que o mocinho não pode se mexer e provoque-o de todas as maneiras. Deve ser uma região muito explorada antes de chegar ao pênis, seja com as mãos, com a boca ou até mesmo com seu sexo.

Orelhas

Agora a “Doutora do Prazer” que é você vai testar a zona erógena mais acessível de todas: as orelhas. É o famoso beijo ao pé do ouvido que excita muita gente. Toda a orelha pode ser considerada um ponto erógeno,pois não há ser que fique impassível a um sussurro gostoso seguido de beijos, mordidas e lambidas… Teste estes pontos sem pressa. Aposto que a esta altura o seu “paciente” já não quer mais saber de brincar de médico.. E com certeza quer ir direto ao assunto. Mas ignore qualquer investida, pois o melhor de tudo é ver o seu parceiro louco de vontade e não poder reagir…

Pescoço

Tanto em homens quanto em mulheres, esta área é considerada altamente excitante. Quando acariciada de maneira certa (e maldosa) provoca ótimas sensações, tipo arrepio, tesão e uma vontade louca de “partir pro ataque”. Analise se o seu parceiro (ou parceira) tem reação imediata neste ponto. Abuse dos beijos nesse local e não se esqueça de deixar os lábios bem molhados e soltos.

Seios

Eis uma oportunidade de ouro para fazer a parceiro subir às paredes. Acariciar os seios levemente, ou de maneira mais vibrante, até mesmo a sucção, pode dar prazer tanto a mulher quanto ao homem. Muitas pessoas podem chegar ao orgasmo sendo estimuladas nesse órgão. Para a mulher, o volume dos seios não interfere na sensibilidade aos estímulos sexuais. Os mamilos masculinos, quando bem estimulados também geram grandes sensações que levam qualquer homem à loucura. Prepare a língua, os lábios e as mãos. Sabendo estimular essa área, com certeza terá uma noite inesquecível.

Clitóris / Pênis

Estas zonas erógenas dispensam qualquer explicação. O clitóris é o pequeno ponto mágico da excitação feminina e o pênis, todos sabemos que é exclusiva a sua função.

Dentro das zonas erógenas femininas, o clitóris é a mais aplaudida. Como todo mundo sabe bem, a estimulação direta do clitóris é a forma mais fácil de entregar prazer às mulheres e levá-las ao orgasmo. Claro, que para isto, o par deve aprender a fazê-lo com a suavidade e habilidade requerida.

Se o homem estiver fazendo o papel de “Brincar de Médico”, diga para a sua “paciente” que vai testar suas reações através de um delicioso sexo oral. Pode fazer de maneira lenta (e torturante) como se estivesse descobrindo cada pedacinho dela. Detenha-se no clitóris, pois ele é altamente sensível e representa no corpo da mulher o que a glande representa no corpo masculino.

E quando for a mulher na sua função de “Médica do Sexo”, capriche nas manobras para ver em qual delas ele se contorce mais de prazer…. Deixe esta área por último por motivos óbvios, claro! Você pode explorar outras áreas do corpo também, sempre usando e abusando do seu poder de provocação.

Este tipo de brincadeira é excelente para todos aqueles que perguntam: “como descobrir onde minha mulher (ou meu marido) tem mais prazer.” ou “Não sei o que faço para estimular ela (ou ele).” Nestes jogos de “faz-de-conta” nós descobrimos muito mais coisas que não seriam possíveis num diálogo normal.

Curtiu a dica? Então… Vamos brincar de médico?

Autoria: AlessandraA – Blog Meus Fetiches

Gostou desta história? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.
Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.
E-book Contos Fetiche: Histórias Deliciosamente Reais

Sobre o autor

Blog Meus Fetiches

Meus Fetiches Sex Shop On-line. Loja especializada em brinquedos eróticos, vibradores e produtos sensuais, além de dicas e novidades sobre Sexo, Fetiches. Apimente o seu relacionamento!

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário