Início » As dúvidas de nossos seguidores sobre Sexo Anal
Saúde

As dúvidas de nossos seguidores sobre Sexo Anal

Quem nos acompanha nas redes sociais sabe o quanto a Meus Fetiches se preocupa com a opinião de seus seguidores. Como as dúvidas relacionadas a sexo anal eram muitas, resolvemos fazer uma publicação onde os próprios seguidores pudessem deixar suas perguntas para elaboração deste post. Confira a seguir:

O que é sexo anal?

Como o próprio nome diz, sexo anal é uma prática sexual que se caracteriza pela introdução do pênis no interior do ânus do parceiro sexual, seja ele mulher ou homem. Para muitos, um verdadeiro prazer. Para outros, uma curiosidade misturada com medo e para alguns, sexo anal ainda é um mistério, um tabu, tipo “coisa de outro mundo”.

Por que dói tanto?

A pergunta de boa parte dos seguidores: Por que será que dói tanto? Esta dor geralmente é provocada pela ansiedade ou pelo medo. Estes são os principais fatores que atrapalham na hora do sexo, pois fazem com que seu corpo fiquei tensionado.

Convenhamos… Toda tensão psicológica ou física se traduz por um aumento da tensão muscular, que tem como função preparar o corpo para uma situação de defesa (no caso, o medo da dor). A solução óbvia e prática é somente uma: RELAXAR!

A dor aparece por conta desta falta de relaxamento, falta de técnica adequada (quando não sabe fazer direitinho), pressa (nota zero para os apressadinhos de plantão) e pouca lubrificação (o ânus não lubrifica naturalmente, viu?). Com o tempo, a prática e a segurança, o incômodo tende a desaparecer.

Fazendo com delicadeza e cuidado, sexo anal é extremamente prazeroso. Se estiver doendo, é porque algo não está certo ou não estão fazendo direito.

Pode ser praticado por quem tem hemorróidas? Causa problemas?

Quem tem hemorroidas pode fazer sexo anal sim, porém deve-se adotar medidas preventivas para que não se tenha futuros problemas. Se possível é preciso tratar o problema antes, uma vez que pode haver dor, inchaço ou sangramento, para seu maior conforto e prazer.

É importante que use lubrificante sempre. Se não houver lubrificação abundante é possível que o pênis machuque o ferimento. Relaxe o máximo que puder e peça ao parceiro para ir com calma nos movimentos. Outro detalhe a ser levado em consideração é usar preservativos durante a prática. Ressalta-se esta necessidade, pois há maior risco de doenças sexualmente transmissíveis, uma vez que as microfissuras ocorrem facilmente quando as hemorroidas estão presentes.

É normal soltar gases junto com o esperma após o sexo anal?

Sim, é normal. Não sinta vergonha. Após a prática, os músculos da região ficam um pouco fracos, fazendo com que a pessoa tenha mais gases que o habitual. Tecnicamente, não são os gases comuns, é apenas o corpo expelindo o ar que ficou “preso” lá dentro (e tudo que entra, tem que sair, não é verdade?)

Com todo aquele movimento também é normal que o ar saia desta forma, principalmente junto com esperma na hora da evacuação. Esta questão do esperma pode ser parcialmente resolvida com o uso de preservativo durante a relação anal, pois ele retém o líquido. Quanto ao ar… É difícil contê-los, então deixe-os livres.

Há riscos de lesões e ferimentos durante a prática?

Ressaltamos que só há riscos de ocorrer lesões e ferimentos na região anal se quem for penetrar não respeitar os limites da outra pessoa (nada de sexo anal “violento” se a pessoa não está acostumada com a prática) ou se não fizer o uso correto de lubrificantes (super indispensáveis). Se quem estiver sendo penetrado sentir qualquer tipo de dor, é importante interromper a prática e falar para o outro.

Por que os homens gostam tanto de sexo anal?

Esta tara é por causa do “proibido” (que é mais gostoso), da dominação e controle (eles se sentem o próprio Macho Alfa) e porque é apertado (um prazer sem igual para eles)!

A negação da maioria das mulheres estimula o desejo sexual masculino. A ideia de estar fazendo algo “errado” atiça a curiosidade e faz com que eles sintam ainda mais vontade de colocar a ideia em prática. Como a posição submissa (a de quatro) costuma ser inicialmente rejeitada pelas mulheres, os homens se sentem ainda mais desafiados e estimulados a praticá-lo (morrendo de tesão, diga-se de passagem).

Além disso, o canal anal é mais estreito do que o vaginal, por isso ele comprime mais o pênis, oferecendo um prazer maior para o homem. E neste quesito, são unânimes!

Qual é melhor posição para sexo anal? 

Isso depende da preferência de cada um. O ideal é a posição em que a pessoa que está sendo penetrada consiga controlar a entrada e a saída do pênis. Isso faz com que ela conduza a relação no seu tempo. Porém, mais importante do que isso é estar com o corpo e o ânus bastante relaxados.

Uma sugestão confortável é a posição colherzinha, de lado. Ou com a mulher por cima, controlando a penetração. A posição de quatro é a menos indicada: uma penetração profunda pode causar dor ou machucar quem está começando a praticar o sexo anal. Mas se a pessoa já está acostumada, esta posição é considerada a melhor de todas, pois permite penetração total e prazer para ambos.

Quantas vezes pode ser feito sexo anal em um mês?

Você pode fazer tantas relações anais quanto desejar. Cuidando sempre da higiene do local, boa lubrificação e uso de preservativos, não há o que temer. Se a região anal estiver com lesões tipo fissuras ou hemorroidas, o que pode provocar dor e/ou sangramento, deve ter um pouco mais de cuidado.

É verdade que o risco de pegar DST aumenta com o sexo anal?

Uma de nossas seguidoras também perguntou “Gozar dentro do ânus traz consequências?”. A resposta é a mesma para essas duas perguntas: Os riscos associados com sua prática são os mesmos do sexo vaginal: doenças sexualmente transmissíveis, que podem ser transmitidas se não houver uso de preservativos. Também pode correr lesões pequeninas na região se a penetração for feita de forma incorreta e sem lubrificação adequada.

É importante levar em conta que, apesar dos riscos de transmissão das DSTs pelo sexo anal ser maior que a de outros tipos de sexo, basta usar camisinha que as chances de contrair qualquer infecção reduzem a quase zero.

Outro fator importante que pode levar a alguns problemas é fazer sexo anal e depois vaginal sem trocar a camisinha. A prática pode levar à contaminação cruzada (transferência de microrganismos do ânus para a vagina) e a mulher pode desenvolver vaginite ou infecção urinária.

O sexo anal pode causar algum dano à musculatura do ânus?

Tire esta ideia da cabeça! Nem a frequência das relações anais e nem o tamanho do pênis, dedo ou objeto colocado podem causar o alargamento do ânus. Ao contrário, por ser músculo, quanto mais exercita, mais forte o ânus fica.

Claro que deve haver bom senso. Se a pessoa nunca praticou sexo anal, não vai conseguir introduzir nada muito grande, porque aí sim vai doer e provocar ferimentos. Comece sempre aos poucos para que a musculatura se acostume com a prática. O mesmo vale para mulheres que tenham parceiros bem dotados: comece com os dedos, depois tente os plugs anais e então pratique com o parceiro (um centímetro de cada vez..rs).

Cuspir pode servir como lubrificação na hora do sexo anal?

Cuspir pode? Não! A saliva não lubrifica adequadamente, além de secar rapidamente. Somente cuspir pode causar micro cortes que, sem o tratamento e a higiene corretos, podem acabar infeccionando a região. Lembre-se que o ânus não tem lubrificação natural como a vagina, portanto, o uso do lubrificante é de fato muito importante.

Os mais indicados são os lubrificantes à base de água, mas estes são absorvidos rapidamente pelo nosso organismo, então não pense duas vezes em reaplicá-lo várias vezes durante o ato sexual, se necessário. Existem ainda lubrificantes à base de silicone que não são absorvidos rapidamente. Eles deslizam muito mais facilmente e podem ser usados com preservativos também (melhor opção,viu?).

Use, abuse e lambuze! Passe uma quantidade abundante de lubrificante tanto no ânus quanto no pênis (depois que colocar a camisinha). Quanto mais, melhor!

Como fica a higiene?

Para não correr risco de “passar cheque” faça uma limpeza interna com uma ducha íntima antes do sexo anal. O ideal é evacuar sempre antes deste tipo de relação, contudo pode haver resquícios de fezes. Para limpar o local, use uma ducha higiênica e introduza no reto com uma pequena quantidade de água. O corpo expele naturalmente todos os vestígios após a retirada da ducha. O fato de esvaziar o reto também auxilia na diminuição da dor, além de deixar mais à vontade no ato.

Outro lembrete: se você tocou na parte de trás não deve jamais ir para a área da frente. Não importa se é o dedo, a língua, a camisinha ou o pênis. O risco de infecção é quase certeiro. Mesmo que esteja no calor do momento, não deixe seu parceiro explorar a vagina e o ânus sem antes trocar a camisinha ou lavar as mãos.

Tem como engravidar através do sexo anal?

Não é verdade. Apesar de parecer muito óbvio para algumas pessoas, o ânus e o reto têm nenhuma ligação com o aparelho reprodutor. Assim, não é possível que um espermatozoide se desloque de lá para a região onde pode encontrar e fecundar um óvulo. Mesmo que o esperma escorra para a vagina… imagine o caminho que o espermatozoide terá que fazer  até achar o óvulo. Sem chances.

Como fazer sexo anal num homem?

Casais que estão iniciando na fantasia de inversão de papeis sempre tem esta dúvida. A resposta é: do mesmo jeito que na mulher, com os mesmos cuidados e dando uma atenção especial a próstata do parceiro. O sexo anal para o homem chega a ser mais prazeroso do que para mulher em alguns casos, por causa da estimulação da próstata.

Vinho (ou outra bebida) ajuda a relaxar?

O vinho ajuda a relaxar o corpo. Estudos afirmam que altos níveis de polifenóis encontrados no vinho tinto podem ajudar na vasodilatação e no aumento da temperatura corporal, o que pode aumentar o fluxo sanguíneo em áreas-chave para o prazer sexual. Entretanto, não quer dizer que você deve se embriagar para poder fazer sexo. Responsabilidade e bom senso são essenciais. Conversar bastante com o parceiro (a), ir com calma e paciência auxiliam MUITO MAIS no relaxamento do que um gole de vinho. Fica a dica.

Como amenizar o desconforto?

Novamente o “Relax” aqui dando o ar da graça. Estar totalmente relaxada (o) e bem lubrificada (o) são as dicas de ouro. Se puder combinar o uso de géis para sexo anal e lubrificantes, o resultado será bem melhor. Massagear a região com os dedos de forma constante até que o produto (gel anal) seja absorvido pela pele também ameniza o desconforto.

Ao colocar o preservativo, certifique-se que ele esteja bem colocado, sem nenhuma “dobrinha” na camisinha. E na hora da penetração, vá aos poucos, para que a musculatura se acostume com o pênis (por isso é importante penetrar os dedos primeiro para relaxar a região).

É possível sentir prazer no sexo anal? 

Sim, muito! É possível que as duas pessoas sintam prazer com sexo anal. O ânus também tem terminações nervosas que são estimuladas com a prática deste tipo de relação. Por isso procurar uma posição confortável em que a pessoa penetrada tenha liberdade de movimento faz muita diferença. Ela tem o controle das ações e isso contribui para diminuir a ansiedade e a sensação de vulnerabilidade. Consequentemente, a pessoa fica mais relaxada e não sente dor.

O que intensifica o prazer é a famosa “reboladinha” que colabora para um perfeito deslize, além de permitir sensações diferentes. A masturbação também é uma excelente aliada nestas horas, pois você terá “dois pontos de prazer” ao mesmo tempo. A maioria das mulheres que atingem orgasmo em uma relação anal faz estimulação ao mesmo tempo em que a penetração. Praticamente todas concordam: orgasmo anal é muito mais intenso que os demais.

Bem, gostaríamos de agradecer a todos aqueles que participaram de nossa publicação e que sempre estão nos acompanhando. Agora, me responda: o que achou deste post? Se tiver dicas e sugestões de novas postagens, deixe aqui o seu recado.

Gostou deste texto? Fique à vontade para comentar!
Visite também nossa página no FACEBOOK e nos acompanhe no INSTAGRAM.
Convidamos você a fazer parte de nossa Lista de Transmissão e receber diariamente dicas e novidades de nossa Loja Virtual. Entre em contato conosco pelo número: (11) 94392-4247  para ser adicionado em nossa Lista Vip.

Caso esteja lendo este texto pelo celular, CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco.

E-book Contos Fetiche: Histórias Deliciosamente Reais

Sobre o autor

Blog Meus Fetiches

Meus Fetiches Sex Shop On-line. Loja especializada em brinquedos eróticos, vibradores e produtos sensuais, além de dicas e novidades sobre Sexo, Fetiches. Apimente o seu relacionamento!

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário